Casa - celebridades - Clube de Duas - dia das mães - formatura

Formatura aos 80 anos: A Graduação da Voinha

28/06/12

Dia 18 de maio deste ano não passou em branco. Aliás, não sei nem porque é que passou em branco aqui no blog, mas vamos lá, vamos fazer as devidas apresentações.

Eu tenho uma família tão abençoada, tão unida, que não sei nem como agradecer a Deus por pertencer a esta família tão linda. Não por acaso, tudo isto tem uma “culpada”. A criadora de todos, a Vóinha, a Dona Sélia. Desde quando nasci, minha avó, registrada Sélia com “S”, fazia questão de ser chamada de Vóinha. Ela gostava do som doce do nome e corrigia quem ousasse a chama-la de Vovó, aliás, acho tão estranho quando as pessoas me perguntam sobre a Vovó Sélia, eu faço uma cara de “quem?“.

O Vô Dário, consequentemente, virou Vôinho. E é esta a dupla dinâmica: Vóinha e Vôinho. Meus avós trabalharam durante muitos anos prestando serviço a sociedade de são Gabriel da Palha (ES). O Voinho se formou na primeira turma de odontologia da UFES (espírito Santo) – vocês acreditam que até hoje a turma dele se reúne todos os anos? – e com 20 aninhos de idade largou a capital capixaba e montou seu consultório no interior do Espírito Santo, ao fim da década de 40. Já de namorico com minha avó, que na época estudava “economia doméstica” no Rio de Janeiro, pouco tempo depois veio o casamento. É engraçado e intrigante ouvir as histórias do meu avó contando, ele como ÚNICO formado na área de saúde no norte do Espírito Santo, na época, tendo que consertar estragos de dentistas práticos, realizar partos, tratar feridas, cuidar de doentes… Coisas típicas de cidade do interior com deficiência na saúde pública.

Dentro de alguns anos, com 7 filhos e outros 3 de criação, o “Dr. Dário” foi convidado a auxiliar na administração da cidade de São Gabriel. Foi Prefeito por dois mandatos e posteriormente até deputado federal.  Com toda esta carreira política, meus avós viviam prestando serviços a sociedade em geral, ajudando famílias carentes, instituições, etc. Não consigo me lembrar de um só dia passando férias na casa dos meus avós, sem ter o povo batendo palmas na porta da casa deles “Dona Séééélia, Dr. Dário tá’aí??“. O portão ficava até aberto, o povo já ia chegando e pedindo um prato de comida. Quando criança, com meus primos, a gente até se assustava com muita gente que ia entrando, com cara de andarilho… coisas que fizeram parte da minha infância.

Após largar mão da odontologia, da vida política, com uma rápida passagem pela serraria, Vôinho investiu no Café Conilon. Ainda inexplorado em São Gabriel da Palha na época e junto de uma turma que acreditava no café, tornou o café conilon de SGP mundialmente conhecido por sua qualidade. Ou por acaso assistindo o Globo Rural você nunca viu São Gabriel da Palha na cotação do café??? (Ok, imagino que você nunca assistiu mesmo, rsrsr). Vôinho é nacionalmente conhecido e frequentemente homenageado por sua contribuição aos estudos do café e pelo café de qualidade que produz.

Por tráz de um homem com uma vida tão fantástica, não poderia faltar uma grande mulher. Eis que surge Vóinha, que nunca saiu de cena, mas estava sempre por trás da coxia. Logo ela que adora um palco, aliás,  se ela tivesse continuado no Rio, com certeza estaria entre as grandes estrelas da TV brasileira dos tempos dourados. Mas se ela estivesse lá, eu não estaria aqui, enfim…rsrsr. É dotada de dons artísticos, uma contadora de histórias nata, AMA cantar, dançar e interpretar a Dona Euzébia, a mais famosa de suas personagens, que aparece frequentemente nas festas e reuniõeszinhas que Voinha vai.

Como se não bastasse isto, Voinha esteve por 20 anos a frente da APAE de SGP, dedicou seu tempo às crianças e às famílias destas crianças que muito necessitam de cuidados especiais.

Quando a gente achava que Vóinha iria “apenas” continuar com suas aulas de violão, caminhadas diárias, aula disto, aula daquilo, eis que ela surge com um vestibular. Devidamente aprovada, começou a cursar Serviço Social. Oras, na verdade ela só iria ter um diploma do que ela fez durante sua vida inteira.  Aí, nas reuniões de família, começamos ouvindo a Voinha falar “quem não cola, não sai da escola” …êta Voinha… aprendendo coisa feia, rsrrs.

Às vésperas de completar 80 anos (muito bem vividos, obrigada), voinha se forma. Oito décadas de vida, de luta, de desafios, refletidos em um rosto, aparência e, principalmente, na disposição de uma mocinha que termina de concluir a carreira universitária e já se anima para o curso de pós-graduação.

Na colação de grau, estavam devidamente representados: seus 10 filhos, 25 netos e 4 bisnetos. Entre os bisnetos, já está incluído o MAX, que chega em setembro, data de conclusão das 40 semanas em 21 de setembro. Dia da árvore e dia do aniversário da Voinha. Oh! Coincidência?

Voinha estava concluindo o curso de Serviço Social, que não foi uma opção que nasceu de uma vocação, mas uma espécie de sacerdócio que já existia, uma personalidade humanista, alguém graduada pela vida na prestação de inúmeros serviços sociais. O curso foi só uma oportunidade de compartilhar conhecimentos e de se integrar com a turma, adquirindo conceitos teóricos mais específicos.

Foi gratificante assistir a colação de grau, vendo minha avó sendo muitas vezes elogiada e homenageada por seus colegas de sala, juntamente com o vôinho. Voinha era uma das mais animadas, com certeza, mesmo com mais de meio século de idade a mais que seus colegas de turma. Era irradiante a felicidade da Voinha.

Estávamos todos lá, devidamente munidos de vuvuzela, chuvas de prata, cartazes, cartões, gogós a postos, palmas e muita felicidade por vermos a Voinha tão feliz. É esta uma prova de que o tempo para ninguém se esgota, acaba ou não existe, o “já passei a idade disto” ou “sou muito velho para isto” é apenas uma decisão de querer ou não, e colocar a culpa de não fazer algo apenas no tempo…

Foi uma noite inesquecível, com a certeza de que não foi apenas esta mulher – esposa, mãe, avó, bisavó –, que ganhou um diploma de nível superior. Mais importante que este fato, é dizer que a área de SERVIÇO SOCIAL é que ganhou uma nova e devota profissional, um exemplo a ser seguido, um exemplo de entusiasmo, força e fé.

Voinha, um beijo e um queijo, te amamos.

Deixe um comentário
  • Avatar Juh Pignaton disse:

    Secando as lágrimas!!
    É tão lindo ver que ainda existem famílias unidas em maravilhosa comunhão!!
    Que Deus continue abençoando imensamente a suua!!*-*
    Eu não tenho uma Voínha…tenho uma Vozinha..hihi…que por sinal podiia ser eternaaaa!!=D
    bJu grande e Parabéns pela família lindaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!

  • Avatar Claudia Martinelli disse:

    Adorei o post!! Realmente somos uma família privilegiada e devemos isso a eles!! Parabéns e obrigada, Voinha e Voinho!!!

  • Avatar Leidy disse:

    Estou deslumbrada com tudo o que escreveu… lindas as palavras!!! Nossa, sua voinha não parece nuncaaaaaaaaa que vai fazer 80 anos e sim uns 65, pois pelas fotos aparenta ser muito mais nova, rsrsrs…Parabéns pela família unida…que papai do céu proteja sempre essa união de todos vocês!!Bjo

  • Avatar Fernanda disse:

    Que história linda!!!! sem conhecer , já fiquei fã de seus avôs…. que exemplo lindo de luta e humildade, há já vi São Gabriel da Palha no Gloro Rural sim!!!!
    bjo pra família!

  • Avatar Kamille Souto disse:

    Thi, que homenagem linda!!!!! Fiquei mega emocionada e orgulhosa da sua Voinha também!!!! Um exemplo mesmo, serve de ânimo até para a gente que às vezes se deixa abater ou chatear por situações do dia a dia. Realmente, nunca é tarde para recomeçar…sempre!!! Parabéns!!! bjim

  • Avatar Thayrine disse:

    Homenagem maravilhosa e merecida! Seus avós são exemplo de respeito, dignidade e consideração ao próximo, pois espalham aos quatro cantos de São Gabriel da Palha um amor incondicional. Parabéns pela família! Bjs Bjs!

  • Avatar Raiana Oliveira disse:

    Muito linda a historia de vida dele sendo contada em um texto tão emocionante!
    Mais lindo ainda é a garra, força de vontade e disposição dela.
    Beijoooooooo

  • Avatar Emily disse:

    Que coisa boa de ler, Thi! Chegou dar águinha no zóio no meio do escritório! rs
    Muita saúde pra família toda, para que comemorem juntos mais e mais conquistas como essa da sua Voinha!

    =)

  • Avatar Fani Martinelli disse:

    Amei o post Thi! A gente só tem que agradecer por ter uma família linda assim e pelos alicerces dela serem pessoas tão bondosas e fofas como a Voinha e o Voinho!

  • Avatar Maytê disse:

    Que linda sua voinha..fiquei emocionada!!realmente,colocar a culpa no tempo é o que sempre fazemos!!Esse post serviu demais p mim!!que nos meus 24 anos já deixo de fazer coisas por achar que ja passou da idade..chega ser ridiculo!!!Parabens pelos avós

  • Avatar Thamires disse:

    Quando a Lay postou uma foto da formatura no facebook, eu fiquei literalmente (mesmo!) de boca aberta, e mostrei pra todo mundo que tava ao meu redor, admirada! AMEI, que história mais linda!!!!

  • Avatar camilarl disse:

    Lindo post e linda história de vida. Sua Voinha aparenta estar na faixa dos 60, jamais 80…talvez seja a felicidade e energia que emanam de dentro p/ fora. OBS: Estudamos juntas na Faesa e coincidentemente encontrei seu blog. Tenho um tb, mas com temas diferentes do seu http://oxigenacao.wordpress.com Bj. Camila

  • Avatar Juliana Moral disse:

    Nao tem como nao admirar uma pessoa dessa…
    quando lembro da minha infancia, voinha vem na minha cabeça como uma vo emprestada… sempre qndo ia brincar com a nara ela me tratava como uma neta, fiquei mto feliz em ve-la assim.. Casal espetacular, exemplo de pessoas! Parabens pelo post, passando pelo face vi q alguem postou e nao pude ignorar a visita.. parabens pelo blog.. beeijos.

  • Avatar Dani disse:

    Lindo demais ler isso, Thi!!!
    Minha vózinha ñ está mais com a gente, vamos passar o primeiro Natal sem ela…
    Ela q sempre fez questão de ver nossa família toda juntinha no Natal.
    Nem sei como vai ser.
    Curta muito sua Voinha e dê um beijão nela por mim!
    Lendo essa história linda entendi de onde vc puxou! Rs
    Bjo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Já segue o nosso canal?

Clube de Duas | Desenvolvido e gerenciado por gCampaner