Baby - dia das mães

Guest Mom: Natalia Mol – Especial dia das mães

03/05/11
Oi Clubetes!
Esta semana preparei um material bem legal pro blog. Convidei algumas amigas e pessoas queridas que já são mamães a responderem algumas perguntinhas aqui, sobre a vida de Mama e sobre estilo. Vocês vão adorar todas as convidadas, todas elas com muito estilo, mulheres firmes e com uma energia contagiante. A maioria delas são neo mamas e tiveram seus bebezinhos quase na mesma época que eu, achei legal dividir nossas récem experiências com vocês. Espero que gostem.
A Mama de hoje é a Natália Mol.
Nome completo Nathália Páscoa B. Mol (1)

Quantos babies? 1 little baby Qual nome e idade? Antonela Páscoa Braga Piassi Mol; 2 anos e 1 mês.

Trabalha? Ainda não.

Como se decidiu pelo nome do baby? Consegue lembrar quanto tempo demorou p decidir?Iria se chamar Helena, mas durante a gravidez enjoei muito, até do nome. Mudei para Maria, mas enjoei também. Então decidimos que seria Antônia, e assim permaneceu até 45 do segundo tempo. Na última semana pensamos em Antonela e nos apaixonamos.
O que sentiu quando descobriu que estava grávida? Um gigante misto de sentimentos.

Qual foi o momento mais marcante após o parto? Na verdade o momento mais marcante para mim, foi a última parte do parto: quando minha filhinha “apareceu”;Foi algo i-n-e-x-p-l-i-c-á-v-e-l. Foi uma emoção tão grande, tão perfeita que, concomitantemente veio do fundo do meu peito um choro da mais pura felicidade e emoção. 



Qual a gracinha que ela faz que te deixa derretida? Minha bebêzinha me chamar de mamãezinha. Vê-la dizer “mamãezinha, eu te amo… muito” é de enlouquecer!



Defina o que é ser mãe para você… É experimentar do mais puro e verdadeiro amor. Não há palavras que consigam explicar o tamanho deste sentimento e ligação. É umbilical, vital. Eu olho nos olhinhos da minha filhinha e fico tentando entender como é possível amar daquela maneira; e como foi possível viver tanto tempo sem ela. Ser mãe é se sentir o máximo: a cereja do bolo! E mais uma vez, não consegui descrever a dimensão deste sentimento…


Qual momento vc parou pra pensar após ser mae e disse “não sabia que passaria por isso”? Primeiramente, não pensei que sentiria um medo terrível de morrer e deixá-la “sozinha” no mundo. Não tenho medo da morte, tenho medo de deixá-la. E em segundo plano está a culpa; que nunca havia me afligido. Nós mulheres, diferente dos homens, temos o sentimento de culpa. Mesmo sendo uma mamãezinha super hiper mega ultra presente e dedicando quase todo meu tempo a minha bebê, algumas vezes este sentimento me perturba. Sinto-me culpada, por exemplo, por deixá-la em casa -mesmo dormindo- para sair com meu marido; e ou ir ao salão. Coisas bobas mas que não deixo de fazer, pois nós temos que dominar este sentimento, não o contrário.

Quais atividades que gosta de fazer com ela? Adoro fazer uma boa farra com minha filhinha, colocar uma música e começar a dançar, pular… amo levá-la a Igreja, e também gostamos muito de passear- parquinho, praça-. Adoro conversar com ela, deitada na cama, sempre olhando em seus olhinhos e falando sobre A Palavra de Deus e da importância de ser uma menina de Cristo.


O que gosta de usar no dia a dia? Gosto muito de usar calça jeans (3)+ blusa branca (4)e ou camisa + blazer + (5) heels ou flat (depende do meu humor).

Vc acha que após o nascimento do baby seu estilo mudou? Se sim, como era antes? Não considero que meu estilo tenha mudado, mas sem dúvida alguma, sou muito mais segura. Antes de ser mamãe era insegura, mas é impressionante como a maternidade lhe transforma em uma fortaleza de segurança. Hoje pouco me importa a opinião alheia referente a maneira com que me visto. Sustento muito mais o meu estilo. Desde o nascimento da minha filhinha, eu me sinto poderosa como a mulher maravilha (9). Afinal, não é mole ser mamãe, esposa, dona de casa, trabalhar, estudar, participar da Igreja, ler, sair, ser filha, ser neta, ser irmã, ser amiga. Enfim, você faz 1000 coisas ao mesmo tempo. E isso não é ser uma super heroína?

Consegue definir qual estilo combina mais com vc? Amo coisas antigas, diria que tenho fixação. Combino o novo com o antigo diariamente -pelo menos uma coisa nos meus looks é comprado em brechó ou veio da mamãe ou da vovó. Mas meu estilo varia com meu humor, porém, respeitando esse mix de novo e antigo.

O que acha que as mulheres precisam fazer para manter a vaidade após o nascimento dos filhos? Muitas vezes a vontade de ser só mamãe é tão grande que nos esquecemos da gente. Mas não podemos deixar isto acontecer, pois somos esposas, trabalhamos e infelizmente, nosso visual, é nossa primeira comunicação com o meio externo. Logo quando tive Antonela, minha sobrancelha ficou enorme, meu cabelo um caos, minhas unhas sem esmalte… afinal, como as mamães sabem, o primeiro mês é punk! Mas após este, retomei minha rotina de cuidados, e desde então consigo conciliar todas as minhas tarefas, de forma bastante harmônica.

Após o nascimento do baby, quais os rituais de beleza diarios adotou? Qual produto de beleza é o seu favorito? O que ele tem de especial? Uso bepantol (10) nas unhas- hidrata a cutícula, pois não gosto de retirá-la-, e para hidratar a boca se estiver rachada. Super indico um sabonete líquido/óleo da L’occitane (7), EXCELENTE, para hidratar a pele ainda no banho. Entretanto, parei de usar perfume durante um bom tempo, pois ficava com medo de causar alergia em minha filhinha, pois ela adorava se enroscar em meu pescoço (como era gostoso…). Há poucos meses voltei a usar. Antes, porém, passava só hidratantes da Victoria Secrets (6)que deixam a pele cheirosinha, e tem fragrâncias suaves.  

Tem alguma peça especial do seu guarda roupa que é seu queridinho ultimamente?  Sim! O q é? Um óculos francês que era da vovó- da década de 60- em formato de gatinho. Algum motivo especial? É especial pois era da vovó; portanto, não é uma peça vazia, tem história. 

Quando sai com o baby, o que gosta de carregar na bolsa? Nós mamães saímos com 2 bolsas: a do neném(2) e a nossa (agueeenta coluna). Na minha bolsa levo agenda, celular, estojo, nécessaire com maquigem e óculos de sol. A da Antonela é super recheada: toalhinha de boca, fraldinhas, lencinho umedecido, chupetas, outra roupinha-caso suje-, copo de água e suco, casaco, e alguma comidinha em um potinho próprio. Não levo mamazinho pronto de jeito algum. Pois as bactérias nutrem e crescem; e minha bebêzinha tomaria mamá de bactéria. O q nao pode faltar? Chupeta, fralda e casaco.

Qual o maior “achado” para o seu baby que deveria compartilhar com outras mamas? Quando ela era bebê, usava baby tub (8). Excelente para relaxar, espantar cólicas e fazer o nenê mimir a noite todinha. Descobri o uso de maisena em assaduras- pois tira a umidade, deixando o local sequinho, por este motivo, ainda impede a ação fúngica-, e bepantol para prevení-las- pois tem pantenol(substância altamente hidratante). 

Alguma diquinha que gostaria de compartilhar com outras mamas? Acho muito importante consultar um nutricionista para acompanhar o neném/criança nesta importante fase, na qual, quantidades certas de minerais e vitaminas são essenciais para garantir saúde e boa imunidade, influenciando o atual momento e o resto de suas vidinhas. Diquinhas de beleza: colocar meio bepantol num pote de hidratante corporal bem cremoso e mexer bem (forma um potente hidratante corporal). Não deixar as unhas grandes quando se tem bebezinho; não só pelo perigo de arranhá-lo, mas principalmente por ser um ótimo local de morada de fungos e bactérias(e nós trocamos fraldinhas e limpamos o bumbum dos pequeninos algumas vezes por dia). OBS: é aconselhável consultar um médico antes do uso de qualquer composto químico!!

Está esperando algum presentinho em especial de dia das mães? O que é? Eu não costumo pedir presentes no dia das mamães; pois prefiro a surpresa. Para a alegria do maridão, eu não sou uma pessoa consumista; adoro reciclar peças e antes de comprar penso se, no momento, aquilo é mesmo necessário para mim. Mas tenho loucura por brechós (11) e casas de tecido. Até hoje, meu marido e minha filhinha não me decepcionaram nas escolhas. Como uso muitas coisas de segunda ou terceira mão, é um tanto quanto fácil me presentear, até porque gosto de quase tudo e adoro mesclar estilos. Mas, neste ano, em especial, tem tantas coisas que gostaria de ganhar: sapatinho oxford (12), qualquer peça em animal printing (13)e ou com referência militar (14), óculos de grau dos anos 60 (15), dentre outros. Enfim, está difícil escolher uma só (sorte do maridinho, pois o que vier é só alegria).

Gostaria de agradecer a Thieli pelo convite e dizer que ela, através do blog, nos inspira muito a cada dia. Muito obrigada e FELIZ DIA DAS MÃES! O Théo é uma coisa louca de fofo, e se Deus quiser sempre será um menino abençoado, pois tenho certeza que você o conduzirá muito bem pela vida! Parabéns pelo sucesso do blog e pela lindíssima mamãe que você é. Deus abençoe esta família! – Eu que agradeço a participação e obrigada por tudo!

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Já segue o nosso canal?

Clube de Duas | Desenvolvido e gerenciado por gCampaner