América do Sul - Bahia - Praia - viagem com crianças - Viagens

Cumuruxatiba: viagem com crianças

04/02/17

Viagem a Cumuruxatiba bahia

 

Cumuru o quê?

Cumuruxatiba! E você vai amar tudo que vou apresentar sobre a pequena cidade!

Onde fica Cumuruxatiba? No extremo sul da Bahia, próximo das cidades do Prado, Teiceira de Freitas e Itabuna – Na verdade, Cumururatiba é distrito de Prado!

Como Chegar lá: O aeroporto mais próximo é de Teixeira de Freitas, operado apenas pela empresa aérea Azul, de Teixeira a Cumuruxatiba mais 1 hora e meia de carro, destas, meia hora de estrada de chão.

É bom pra quem: Gosta de curtir a natureza sem muitos luxos, e adora apreciar a beleza de um mar cristalino esverdeado das praias de cumuruxatiba.

Eu costumo brincar dizendo que Trancoso é a prima rica de Cumuruxatiba, pois as duas vilas tem aquela vibe deliciosa de praia da Bahia, tem um mar esverdeado maravilhoso, as duas tem acesso por uma estrada de chão, mas cada uma com seu charme próprio. Como todo paraíso, de difícil acesso, Cumuruxatiba é frequentado principalmente pelas pessoas de cidades vizinhas, mas sempre com visitantes de todos os cantos do país. Inclusive quando eu fui, conhecí uma senhora que morou a vida inteira em São Paulo, aposentou e tinha se mudado recentemente para Cumuruxatiba, para aproveitar o que eu a vida tinha de melhor, segundo ela.

A última vez que fomos, não éramos nem casados, e como Cumuruxatiba é bem pertinho da cidade dos meus pais, Nanuque, insisti com o Maridão para irmos pra lá entre o Natal e Reveillon, pelo menos por um dia. Foi um pouco difícil de encontrar hotel pelo booking, parecia que já estava tudo cheio, até porque, não há taaaantas opções de pousadas, mas conseguimos um quarto kitnet pra ficarmos com as crianças juntos, em frente a praia.

Reservamos a Pousada Axé, um quarto com sala e cozinha que nos atendeu bem, apesar de estar um pouco sujo e cheiro de guardado. Saímos de Nanuque cedo, chegamos lá por volta de 13:30 e já fomos pra uma barraca de praia em frente a pousada. Aliás, este foi um ponto super positivo da pousada: as barracas em frente! Ao chegarmos na praia até nos surpreendemos, pois estava bem cheia, e geralmente é um destino mais vazio. Depois soubemos que estava tendo uma rave (de 3 dias de duração direto), que atraiu muitos jovens e muita gente bonita.

Sentamos na Barraca Canto da Cigana, que era super bonita e bem decorada, e pegamos uma mesa grande pra sentar com as crianças, na sombra de uma árvore, e que as crianças pudessem brincar na areia também, foi uma ótima opção de barraca! Não almoçamos propriamente dito, mas comemos ísca de peixe, batata frita, etc e estava tudo muito bom! Mais tarde começou uma música ao vivo, que estava muito bom e fez encher a barraca de gente e de fumaça, rs, aí saímos porque já estava de bom tamanho para as crianças.

Voltamos pro hotel, ficamos curtindo um pouco com as crianças na varanda e depois saímos pra tomar um café. Tivemos a indicação do Gelato Café, na rua de trás da pousada. Um ambiente gostosinho pra tomar um cafézinho ou um café gelado, sorvete ou fazer um lanche com as crianças. Nós estávamos sem fome e ficamos só no café, enquanto as crianças comeram um sanduíche e sorvete. Tinha um parquinho, os meninos ficaram brincando por lá, fizemos uma horinha e depois saímos pra dar uma voltinha na rua.

O movimento na rua estava meio fraco, talvez por ser um dia de semana, mas já era alta temporada. Algumas barracas de artesanato na pracinha, pula pula e barracas de comida. A esta altura não estávamos com fome, mas como já era hora das crianças irem dormir, resolvemos parar na creperia e pizzaria La Nave pra lanchar um crepe. O lugar fica perto da pracinha, as mesas ficam na grama e o ambiente é gostosinho, sem grandes luxos. Uma excelente opção pra quem curte um jantar mais elaborado é o restaurante Mama Africa, que já tem fama lá na prima rica Trancoso e tem a filial em cumuruxatiba também. Quero deixar claro que nós super apreciamos este tipo de restaurante, kkkk, mas a gente não estava disposto pra ir lá com os 3 meninos virados no Jiraya! kkkkk

Não sei como é o movimento de festa a noite por lá, mas enquanto estávamos no café e creperia, ouvimos muitas pessoas falarem sobre festas na casa das pessoas, na creperia ouvimos sobre um forró e no café sobre um lual.

  início de viagem

Ah.. essas águas…

 Barraca Canto da Cigana

  hora de ir embora da praia, a maré já estava alta

  café no gelato café

 Parquinho do Gelato café

  Creperia e Pizzaria la nave

 

No outro dia, aproveitamos o fuso horário do horário de verão (que não tem) na Bahia e fomos bem cedo pra praia, era praticamente nossa. Uma das coisas que mais chama atenção na praia de Cumuruxatiba é que a maré demoooooora  a subir, então pela manhã a maré é bem baixinha, que você entra trinta metros e ainda está com a água no joelho, sem ondas, naquela água quentinha da bahia com a silhueta das palafitas do antigo pier como paisagem, é de ficar horas apreciando aquela naruteza.

Na beira, a cor do mar é um pouco barrenta, mas lá no fundo é esverdeada, é apaixonante. Deixamos a bolsa de praia alí perto da beira, em cima dos chinelos e ficamos boa parte da manhã no mar com as crianças, estava uma manhã deliciosa! Claro que tiramos muitas fotos!!!!

Depois fomos pra barraca Porto Belo, onde todas as mesas e cadeiras são pintadas de candy colors, rosinha, verdinho, amarelinho, lembrava muito o caribe, e os garçons usavam calça sarongue, fomos super bem atendidos nesta barraca e estava bem movimentada, mas era menos "chique" que a do dia anterior, mas igualmente gostosa. Dei almoço pro Gael (que trouxe de casa), ele dormiu e ficamos por uma mais ou menos umas duas horas.

Outra coisa muito comum lá em Cumuruxatiba são os indiozinhos vendendo artesanato nativo na praia. Crianças em bandos, de 5 a uns 10 anos ofericiam artesanato para os turistas. Conversei com duas indiazinhas, elas me disseram que só vendem artesanato na praia enquanto estão de férias, mas era hora do almoço e as duas estavam esfomeadas me pedindo um lanche e morrendo de sede, morri de pena e falei para comerem uma batata frita que tínhamos pedido e ofereci água.

Comprei um colar pros meninos e um enfeite de cabelo pra mim. Cumuruxatiba é realmente uma área indígena, mas ver crianças trabalhando hoje em dia, mesmo que seja meio na brincadeira, é um pouco forte. Eu cresci frequentando as praias de Porto Seguro, e lá isso sempre foi muito comum na década de 90, então não foi uma surpresa pra mim. Mas os meu meninos ficaram um pouco comovidos, me fizeram mil perguntas, se eles tinham pais, se os pais não trabalhavam, se a mãe não dava comida… essas coisas da cabecinha de crianças, rendeu boas horas respondendo.

Era mais ou menos meio dia, voltamos pro hotel pra tomar banho e fazer o check out e voltar pra casa, mas antes disto ainda rolou uma piscininha no hotel!

Nossos planos eram parar na cidade do Prado e almoçar no "Banana da Terra" ou "Jubiabá", duas excelentes opções de almoço por lá, porém os meninos dormiram no carro e resolvemos tocar direto com eles dormindo até Nanuque.

 

  Meninos preparados para praia

 barrca de praia em frente ao hotel

praia pela manha

 Barraca Porto Belo

 Com artesanato das indiazinhas

Piscininha antes de partir!

 

Cumuruxatiba tem muito mais a oferecer, em termos de praia e passeios, porém nossa estadia era curta e um pouco restrita por conta das crianças ainda pequenas.

Se querem fazer um passeio pelo extremo Sul da Bahia, já fiz um post especial sobre o assunto aqui, e Cumuruxatiba faz parte do roteiro, que com certeza é onde você irá mais amar!

 

O que mais conhecer: praias de Japará Grande, Japará Mirim, Barra do Cahy e passeio até corumbau de barco.

Outras opções de hospedagem: Pousada Rio do Peixe e Pousada Cumuruxatiba (esta com boa estrutura para quem vai com crianças)

Outra opção de restaurantes: Restaurante do Suíço

E agora o video com todos os detalhes da nossa viagem:

Espero que tenham gostado de viajar com a gente e se tiverem dúvidas ou queiram colaborar, fiquem à vontade para comentar!

E se gostou do post, compartilhe no facebook para que mais pessoas vejam!

beijús

Deixe um comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Já segue o nosso canal?

Clube de Duas | Desenvolvido e gerenciado por gCampaner